pt_brfren
Companhia Dos à Deux

Companhia Dos à Deux

  • Gritos

    “Não é para ser fácil. O próprio nome evidencia: Gritos. Serve de alerta. Mas são os olhos que escutam a agonia, não os ouvidos. Em forma de três poemas gestuais, somos travestidos e levados dentro de outras peles, assim como os intérpretes em seus bonecos. A partir desta fusão, as fronteiras são apagadas. Não existe mais eu, nem você, nem eles. A empatia reina, mesmo com estranhamento. Vemos como este é o nosso mundo e esta é nossa realidade. Não tem como virar o rosto, nem fechar os olhos. Os gritos precisam ser vistos e sentidos. Cada poema gestual é um grito diferente. Descrevê-los seria uma forma de diminuí-los, o que não seria justo com uma obra tão profunda.” Thiago David http://Incitarte

    Incitarte.com.br - 4 de dezembro de 2016

    → a seguir : Botequim Cultural, Arte 1, Ambrosia, O GLOBO...

  • Dos à deux, 2° ato

    Deux critiques lors de notre passage au FIA en avril 2014.

    La NACION - COSTA RICA - 11 de abril de 2014

  • Irmãos de sangue

    Entre as companhias sempre presentes em Avignon, Dos à Deux adquiriu uma boa reputação e um publico fiel. Esse ano ela apresenta dois espetáculos alternadamente em Presence Pasteur às 16h : Dos à Deux, 2° ato e Irmãos de Sangue. Teatro gestual, inventivo e poético que alcança um grande sucesso. Sandrine Blanchard « Dans la peau d’une festivalière » – Le Monde.fr

    LeMonde.fr - 16 de outubro de 2013

    → a seguir : Bog Nouvelles répliques, O GLOBO, Radio France Bleue Vaucluse, La Provence, La revue du spectacle...

  • Ausência

    http://www1.folha.uol.com.br/ilustr... Folha de SP - 6 de junho / 6 juin 2013

    Folha de São Paulo - 7 de junho de 2013

  • Fragmentos do desejo

    "Un flot d’images éphémères et d’oniriques tableaux s’offrent au spectateur, plongé dans un tourbillon de lumière rouge en clair-obscur. Les comédiens appliquent une gestuelle sensuelle, narrative. tout se joue d’un regard, d’un souffle dans un bruissement de corps. ... Ici, ce que les mots ne disent pas, le corps le sous entend." Céline CAUVI http://www.avignon-poursuite.com/

    POURSUITE 11 - 1º de outubro de 2010

    → a seguir : La Terrasse - Avignon 2010, La Montagne - Fabienne Faurie, Ouest France, Jornal do Brasil, O tempo ... on line...

  • Saudade em Terras d’água

    «Ce spectacle touche: par cette notion pure, assez inédite dans ses manifestations, d’un corps qui se meut et s’exprime exclusivement en songeant aux points de contact à son semblable. (...) force d’allégorie sur l’arrachement à son point d’ancrage premier et sur l’agragation des êtres dans la solitude de l’ailleurs.»

    L’Humanité - A Breidi - 11 de julho de 2005

    → a seguir : Sud Ouest, Tribuna do Brasil, Bravo, Veja Sao Paulo, Expresso do Norte...

  • Aux Pieds de la Lettre

    critique sur le travail de la compagnie.

    Questão de crítica - 27 de janeiro de 2010

    → a seguir : Rio Show - O Globo, Questão de crítica, Jornal do Brasil (2), O Tempo, Revista programa - Jornal do Brasil...

  • Dos à Deux (criação original)

    They aren’t dancers or mimes or clowns, they are those three in the same time and they are perfect. Their performance is minutially prepared... Real great theatre, one of the best of the off exhibitions.

    Agora pièces - 18 de julho de 1999



© 1997-2021 Companhia Dos à Deux - Todos os direitos reservados - Contato - Topo ↑
Site realizado com SPIP por romy.tetue.net